Recentes ·

1 5 848x450
Técnicos de Economia Local recebem formação sobre Cadeia de valor

18/08 às 14:36

Assistentes de Economia Local do Fundo de Apoio Social (FAS) participam desde o dia 16 de agosto, no workshop sobre Cadeia de Valor, ministrada pela organização CODESPA na Direcção Geral do FAS em Luanda. Com o objectivo principal de trazer a luz a realidade do FAS, os conceitos da cadeia de valor, principais elementos, metodologia de análise de cadeias, elementos estruturais mínimos para que se criem as cadeias de valor, o workshop que termina hoje dia 18, enquadra-se no âmbito da implementação do PDL FAS IV, com as Assistência Técnica da FIIAPP e financiado com doação da União Europeia. Participam igualmente no certame, a Directora Geral Adjunta, o Coordenador Nacional da área de Desenvolvimento Local, ambos do FAS e, a assistente da FIIAPP para o reforço de capacidades institucional. Durante três dias de formação, os técnicos do FAS, recebem ferramentas nos domínios de Cadeias produtivas, de valor e desenvolvimento local rural, sobre Análise de cadeias (Análise do mercado potencial para o/os produto/s, acesso ao mercado, assim como, as Estratégias de fomento das cadeias: (Desenho do plano de acção: estratégia para o apoio das cadeias, estratégia de fortalecimento) para maximizar a competitividade e sustentabilidade da cadeia. De acordo as expectativas institucionais, espera-se do pacote de formação, a Elaboração dos Princípios, critérios e procedimentos chaves do manual de investimento e financiamento a economia local. Fonte: http://fas.co.ao/fas-tecnicos-de-economia-local-em-formacao/

40f31a555d1ae2f?1502874912
União Europeia e Governo de Angola assinam Acordo de Financiamento do projecto FRESAN

16/08 às 09:15

A União Europeia e o Governo de Angola, assinaram, no dia 14 de Agosto, às 16.00 horas no Ministério de Planeamento, um Acordo de Financiamento no valor de 65 milhões de euros para a implementação do Projecto FRESAN, que visa contribuir para a redução da fome, pobreza e vulnerabilidade das comunidades no sul de Angola. O FRESAN – Fortalecimento da Resiliência e da Segurança Alimentar e Nutricional em Angola - é um projecto que pretende contribuir para a redução da fome, pobreza e vulnerabilidade à insegurança alimentar e nutricional, reforçando a agricultura familiar sustentável nas províncias de Angola mais afectadas pelas alterações climáticas. Será implementado nas províncias de Cunene, Huila e Namibe nos próximos 5 anos. Para além dos governos provinciais de Cunene, Huila e Namibe, irão participar no projecto os Ministérios de Agricultura, do Ambiente, do Interior e da Administração do Território. O projecto será implementado através de cooperação delegada com o Camões, Instituto de Cooperação e da Língua, que ficará responsável pela coordenação geral do projecto, e com acordos com a FAO e o PNUD. O projecto FRESAN tem as seguintes componentes: I - Fortalecimento da resiliência e a produção da agricultura familiar num contexto de alterações climáticas através da adopção e uso de tecnologias, práticas e soluções inovadoras para reduzir a vulnerabilidade das mulheres e dos grupos mais vulneráveis. II - Melhoria da segurança alimentar e nutricional (SAN) dos agregados familiares, aumentando o consumo e a disponibilidade de comida mais diversificada e nutritiva. III – Melhoria da capacidade institucional e os mecanismos para a gestão de informação e análise de dados relativos à SAN, bem como o planeamento, coordenação, monitorização e reacção nas áreas da insegurança alimentar, subnutrição e alterações climáticas. IV – Procura de evidências e conhecimentos sobre a utilidade de diferentes acções de sensibilização eficazes, no contexto de Angola, para combater a subnutrição nas crianças e reduzir a mortalidade das crianças com menos de cinco anos. Fonte: https://www.africa-newsroom.com/press/uniao-europeia-e-governo-de-angola-assinam-acordo-de-financiamento-do-projecto-fresan?lang=pt

Cdais logo
CDAIS Annual report 2016

31/07 às 10:28

O projecto CDAIS (Desenvolvimento de Competências para a Inovação dos Sistemas Agrários), partilhou recentemente o relatório anual de 2016. No relatório, são partilhadas as abordagens utilizadas e as lições aprendidas nos 8 países-piloto onde o projecto está a ser implementado (Angola, Burkina Faso, Etiópia, Ruanda, Honduras, Guatemala, Bangladesh e Laos). Pode aceder ao relatório aqui: http://cdais.net/2017/07/03/cdais-annual-report-2016/

Ver mais

Destaque ·

1157b80e 4d6a 4a3b 9c69 71b68f20dd53?1485862472
Agricultura de conservação na África Subsaariana

31/01 às 11:34

O Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (IFAD) publicou, em dezembro de 2016, um kit de três partes que explora os desafios da promoção e adoção da agricultura de conservação em África, destaca casos de sucessos e analisa os fatores subjacentes à sua adoção. Pode consultar o kit de documentos aqui: http://paepard.blogspot.pt/2017/01/conservation-agriculture-in-sub-saharan.html

0 7f63132b ca5c 4dd2 9161 74abd977fa2e  r  ntaweduwma
Agricultura familiar produz 90 porcento dos alimentos do país

20/06 às 15:07

Cerca de 90 porcento dos alimentos locais consumidos em Angola é produzido por uma população de dois milhões de camponeses, afirmou o ministro da Agricultura, Afonso Pedro Canga. Esse universo de pessoas, segundo o governante, produz, entre outros alimentos, cereais como milho, arroz, massambala, massango e soja, tubérculos, leguminosas e hortícolas. Numa entrevista à Angop, Afonso Pedro Canga reconheceu que a agricultura familiar, a praticada pelas famílias camponesas, desempenha um papel muito importante, em termos de produção de alimentos. Pela sua contribuição, esse grupo de produtores beneficia-se de grande parte do orçamento anual afecto ao Ministério da Agricultura, através da recepção de inputs agrícolas, assistência técnica e preparação mecanizada de terras. Fonte: http://www.angop.ao/angola/pt_pt/noticias/angola-acontece/2016/5/24/Agricultura-familiar-produz-porcento-dos-alimentos-pais,140d211b-f84b-4ea5-b827-c5233399f316.html

420 20160929155514
  25 Out
Semana do Empreendedorismo na Comunidade

12/10 às 09:23

Decorre no âmbito da "Semana Mundial do Empreendedorismo", sob o lema "O Empreendedorismo Acelera Angola" O projeto Empreendedorismo na Comunidade tem como objetivo desenvolver um ciclo de palestras destinado a jovens empreendedores dos municípios de Luanda, nomeadamente: - Cacuaco; - Bairro Popular; - Cazenga; - Viana. Fonte: http://abcempreendedor.com/index.php?pagina=eventosDetalhe&ID=14#

Ver mais

Eventos ·

Top 10 Utilizadores · Ranking